#Já parou pra pensar?

Há males que vêm para (muito) bem

27 de fevereiro de 2018

Já parou pra pensar que nem tudo na vida sai da forma que desejamos? E que talvez devêssemos agradecer por estas coisas não acontecerem? É isso mesmo. O ditado “há males que vêm para o bem” tem conquistado cada vez mais espaço no meu entendimento constante sobre a vida e tive um grande exemplo dentro de casa.

 

De um casamento de mais de 30 anos, meus pais se separaram e, quando tudo parecia estar perdido para minha mãe, surge um novo relacionamento, seguido de um casamento. É isso mesmo! Aos 64 anos pude ver minha mãe de noiva, irradiando felicidade. Aí vem os ensinamentos: e se ela tivesse continuado na zona de conforto e não tivesse tomado a decisão da separação? Estaria tão feliz quanto está hoje? Muitas (e muitas vezes mesmo) nos vemos sem chão, sem perspectivas, sem ânimo para seguir em frente, simplesmente por acharmos que a felicidade que até então existia, desapareceu. O que não é verdade.

 

A vida é feita de picos e vales, altos e baixos, e muitas vezes precisamos destes momentos de transição para conquistarmos um novo patamar, por vezes até melhor do que o anterior. O grande lance é não parar nunca. Estar em movimento é o maior segredo para se permitir que a vida de traga novas chances.

Guto Köech
Empresário
Jornalista por formação, com especialização em Marketing e Administração, Guto é empresário e Sócio-Fundador da Guto Köech. A grife nasceu em Curitiba, com forte atuação nas redes sociais e crescente destaque nacional e internacional. Devido à influencia nas redes, ao destaque da sua empresa nos maiores veículos de comunicação do país e às celebridades que passaram a usar seus "amuletos", Augusto foi o vencedor da edição 2016 do "Prêmio Jovem Brasileiro" na categoria empreendedorismo em moda. Além disso, Guto é também palestrante, professor do Centro Europeu ("Empreendedorismo e Inovação") e consultor da GK IDEIAS, especializada em branding, marketing e redes sociais.
Pedir Música